Arquivo da categoria: alfredo fressia

fio de lua (ou XIII, a Carta da Morte)

Poesia da iminência. Para ser lida na espera. O Antes que toca como um raio da Morte, da Carta XIII. O fio pode ser quebrar. Não é qualquer fio. É de prata, de lua, é fio feminino. Ou fecundo, se … Continuar lendo

Publicado em alfredo fressia | Deixe um comentário