fio de ouro

cavalo marinho, márcia tiburi

Antes que se rompa o fio de prata deixou-me com um espaço em torno do corpo, nele a curiosidade me faz dar voltas em torno de alguma coisa que, no entanto, não conheço ou nunca conheci. Talvez seja um resto de negativo que, me pertencendo, não é meu, ou que eu ainda não assumira. Ler sua poesia é esta estranheza alegre. Vc é uma grande escritora. Uma grande poeta. Sua poesia é coisa incomum. Temos que protegê-la como uma criança perdida que um dia é achada. Um beijo, Márcia.

Anúncios

Sobre maiaragouveia

http://maiaragouveia.com
Esse post foi publicado em márcia tiburi. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s